Está a IA chinesa a iludir para entrar na Europa?

Sete anos. Foi o tempo necessário para as startups chinesas de inteligência artificial (IA,) depois de apanharem a onda da revolução do "deep learning", reunirem as suas forças. Ao atingir a massa crítica, com uma peculiar capacidade em visão computacional - um conjunto de técnicas que permite aos computadores “ver” e “compreender” as imagens digitais… Continue reading Está a IA chinesa a iludir para entrar na Europa?