O impacto das “deepfakes”

Uma nova forma de detectar “deepfakes” foi recentemente apresentada por investigadores da Universidade de Buffalo (EUA) e passa por detectar o reflexo nos olhos. Em síntese, diz um dos investigadores, “os dois olhos devem ter padrões reflexivos muito semelhantes porque eles estão a ver a mesma coisa. É algo que normalmente não notamos quando olhamos para um rosto“. E é algo que não sucede com as “deepfakes”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.