2020

https://miro.medium.com/max/789/0*aRThhjnfxQR4TRWz

* 52 coisas que se aprendeu e melhoraram o “pior ano de sempre” (e nem todos ficaram milionários com a Covid)

* 15 objectos e uma palavra (não é esta) que definiram 2020

Before and After COVID-19 illustrations

* Nestes “Roaring Twenties“, 2020 foram “97 meses”. Do que nos esquecemos? De “coisas imersivas” e da esperança

* Como seria o futuro em 2020

* O que mudou na Internet entre 2010 e 2020

* Prospectiva de C&T para 2020: “An Analysis of the Portuguese Research and Innovation System: Challenges, strengths and weaknesses towards 2020” (Maio de 2003), “Engenharia e Tecnologia para o Desenvolvimento de Portugal: Prospectiva Tecnológica 2000 – 2020

* Elon Musk em 2014: “Em 5 anos, será possível entrar no carro, dormir e acordar no destino”

* Análise às antecipações de Ray Kurzweil

* A próxima fronteira no “Human Development Report 2020

* Direitos digitais num ano de vigilância pandémica e perspectivas: os riscos geopolíticos estão a aumentar e a regulação a chegar

* E a palavra do ano (ou o ano em palavras) é…

* E a mentira do ano? E as retrações? Ou os erros nas notícias?

Visualização por Roshaan Khan

* Os melhores do YouTube (quem mais lucrou?), do Pocket, dos GIPHY’s, dos projectos criativos

* O pior do cibercrime e dos ciberataques no melhor ano de comércio electrónico numa década

* Artigos que se gostaria de ter escrito, também da China e Taiwan

* O melhor (e bizarro) do jornalismo de ambiente

* Recordes da ciência

* As melhores imagens nos artigos de ciência. E eles, andam aí?

* O ano da matemática e das ciências da computação

* 2020 em 20 gráficos, tabelas e animações

* 15 diferentes anúncios publicitários

* O ano em revista no Facebook

* Notícias do ano do TikTok. O melhor?

* Mau algoritmo, mau, e o que dizer das tabelas das App Stores

* O ano das pesquisas do “como” e do “quê” no Google em Portugal e nos EUA

Animated GIF showing the old Google logo and search bar transition to the current one.

* O que se ouviu (“wrapped“?) no Spotify. Mas está este mercado a desacelerar? E a culpa é dos algoritmos?

* 2020 pelo olhar fotográfico na The Atlantic, da AP, na BBC, por outras agências de notícias, fotografias de natureza, as moléculas do ano

09848-cover8-density.jpg

Bónus: Os “frenéticos movimentos” de um maestro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.