* Compra online nesta Black Friday ou controla-se como se fosse #BuyNothingDay?

* Em Portugal, cerca de 97% das empresas com 10 ou mais pessoas tem computador ligado à Internet. 61% delas tem site Web, para disponibilizar descrição e preços ou remete para os perfis das redes sociais (78% e 56%, respectivamente). O comércio electrónico destas empresas foi cerca de 20% do total do volume de negócios em 2019

* Um terço dos portugueses com perfil em redes sociais já comprou directamente numa plataforma social

* Conselho antigo mas bom: “Se comprar online, use o computador“. Outro conselho para as compras online: “#nãosejaspato

* Percentagem de quem comprou online em 2019

* Manobras das empresas para se comprar mais online incluem assediar os seus trabalhadores

* Consumo sustentável com escolhas ecológicas

* A Amazonificação do planeta está para ficar mas devem as empresas de comércio electrónico receá-la? Parar a Amazon contribui para acabar com o pequeno comércio?

https://cdn.shopify.com/s/files/1/0898/4708/files/Retail_ecommerce_sales_worldwide.png?v=1550013812

* Como a Amazon se tornou um “gigante pandémico” com os confinamentos, sem inovação ou automação. E está o Covid-19 a mudar os hábitos de compras online?

* Insegurança em produtos vendidos na Amazon ou eBay

* A Amazon é um conhecido exemplo de empresa com um programa de vigilância dos seus trabalhadores, no “Global Intelligence Program”, mas também contra os direitos cívicos e ambientais

* Porque estão smartphones nas árvores perto dos armazéns da Amazon?

* Em 2016, a Social Capital mostrou como cada despesa era uma oportunidade para a Amazon, que usou dados da concorrência para criar e melhor posicionar os seus próprios produtos. Uma das visadas foi a DefinedCrowd, da portuguesa Daniela Braga

* Apesar do que o CEO da Amazon diz aos políticos, manteve a venda de artigos de desinformação (não foi a única)

* Sobre a sobrevivência da concorrência: “Se quer ganhar dinheiro – dinheiro a sério – nas finanças, tem de encontrar maneiras de sabotar os seus clientes, os seus concorrentes ou o governo“. Enfim, “Welcome to the United States of Amazon

* Os emails de phishing aumentaram em Novembro, antecipando Black Friday, e os ataques DDoS também

* Futuro do comércio electrónico: compre agora, pague depois?