Um robô que aprende com os seus erros ganhou três em quatro jogos de “curling” – um jogo “que pode ser considerado um bom teste para estudar a interacção entre sistemas de inteligência artificial e o mundo real”.

Usando uma técnica da inteligência artificial denominada de “deep reinforcement learning“, Curly ganhou aprendendo com os seus erros e conseguindo adaptar-se às condições do gelo.

Os “resultados indicam que a distância entre os simuladores baseados em física e o mundo real pode ser reduzida, dizem os investigadores na revista Science Robotics.