Com o objectivo de obter um quadro de referência voluntário sobre o conteúdo terrorista e extremista violento (TVEC) nas plataformas online, o Directorate for Science, Technology and Innovation da OCDE concretizou o relatório “Current approaches to terrorist and violent extremist content among the global top 50 online content-sharing services” – o primeiro de dois, com periodicidade anual.

Nesta primeira edição, abordam-se as políticas e procedimentos para lidar com o TVEC nos 50 principais serviços de partilha de conteúdos online.

Ela constata que “apenas cinco dos 50 serviços emitem relatórios de transparência especificamente sobre TVEC, e esses cinco serviços adoptam abordagens diferentes nesses relatórios”, bem como o seu uso de diferentes definições de terrorismo e extremismo violento, diferentes tipos de informação, uso de diferentes métodos de medição e de estimativas e revelação de relatórios com diferentes frequência e horários.

O diminuto número de empresas com relatórios impossibilita “obter uma perspectiva transversal clara e completa sobre a eficácia das medidas das empresas para combater o TVEC online e como podem afectar os direitos humanos”.