Já se conhecia o “primeiro videojogo receitado por médico“, como eles servem para testar a segurança dos carros autónomos ou até fomentar questões filosóficas sobre se “são arte“.

Entre tantas aplicações lúdicas e outras tantas como ferramentas educativas, a Polónia vai integrar o videojogo “This War Of Mine” no seu currículo escolar oficial, no âmbito da opção de leitura.

O anúncio foi feito pelo próprio primeiro-ministro polaco Mateusz Morawiecki, numa visita à empresa local de desenvolvimento de jogos 11 bit studios.

“A Polónia será o primeiro país do mundo a colocar o seu próprio jogo de computador na lista de leitura do ministério da educação”, disse. “Os jovens usam jogos para imaginar certas situações que [de certa forma] não são piores do que ler livros”.

Morawiecki acrescentou que “ao incorporar os jogos no sistema educativo, vamos expandir a nossa imaginação e trazer algo novo à cultura”.