A parceria entre a Carnegie Mellon University Portugal e a Fundação para a Ciência e a Tecnologia vai assegurar o desenvolvimento durante um ano de sete novos projectos.

Os “Projectos Exploratórios” serão concretizados  em áreas como a robótica, inteligência artificial, sistemas inteligentes de transportes ou processamento de linguagem.

Nesta terceira “call” ao programa, os projectos foram seleccionados de um conjunto de 38 candidaturas e terão um financiamento total de 820 mil euros.

“Esperamos que estes projectos ajudem a explorar ideias identificadas pela comunidade científica” e “possam ser a base para outros projectos de maiores dimensões”, explicou Nuno Nunes, co-director nacional do CMU Portugal Program.

Os projectos (na terminologia em inglês) são o

– Automatic generation of humor for social robots,

– CRUAV: Cooperative Trajectory Planning for Real-Time Surveillance in UAV-assisted Intelligent Transportation Systems,

– Intelligent Beamforming Metasurfaces for Future Telecommunications,

– PassCert: Exploring the Impact of Formal Verification on the Adoption of Password Security Software,

– Privacy in speaker diarization: Detecting “who spoke when” privately,

– SecurityAware: Fine-grained approach to detect and patch vulnerabilities,

– Synthesizing Network Accelerators using Programmable Switching Equipment.