Um comunicado de imprensa é taxativo: “79% dos Portugueses ficaram em casa na Páscoa“. Sobre o mesmo assunto, o Expresso escreve que “Portugueses respeitaram religiosamente o confinamento no domingo de Páscoa“.

Os dados da consultora PSE dão a perceber que existe um crescimento na permanência doméstica, principalmente ao domingo.

Nos dias úteis, quando antes 20 a 30% ficava em casa, esse valor subiu para uma média acima dos 50%

Ao domingo, os 40% normais de permanência em casa tinham subido para cerca de 60% a 15 de Março. Cinco dias depois entrou em vigor o estado de emergência e logo no domingo seguinte essa percentagem subiu para 73%. Depois, ocorreu um aumento de dois pontos percentuais em cada domingo: 75% (a 29 de Março), 77% (5 de Abril) e os referidos 79% de dia 12 passado.

O Painel de Mobilidade da PSE consiste num painel fixo de 3.617 pessoas que, através de uma aplicação instalada voluntariamente no smartphone, mostra em contínuo a deslocação horária e diária real da população. Representa um universo de quase 7 milhões de residentes em Portugal Continental.

O painel existe desde 2019, idealizado inicialmente para medir a eficácia dos “outdoors” publicitários, e dele constam o perfil socio-demográfico (sexo, idade, classe social e região), hábitos e padrões de mobilidade, meios de transporte públicos e privados, hábitos de compra e “hot spots”.

A consultora apresentou ainda um outro estudo sobre o risco por mobilidade, “combinando as alterações de comportamento dos residentes dos concelhos, e da circulação de não-residentes”, obtendo assim um perfil “considerando os 45 municípios abrangidos neste estudo, que representam 57% da população e onde estão situados 65% dos casos Covid-19 reportados a 11 de Abril, que os municípios com maior alteração de comportamento são os que menor risco por mobilidade apresentam”.

A ler também este “Are the lockdowns working? Keeping people at home is slowing transmission of the virus, but policymakers face more uncomfortable choices”.

https://images.jifo.co/14978916_1587057304218.png

Some countries have contained the coronavirus better than others thus far. The charts on the left show the trend of daily new cases. The charts on the right-hand side are on a logarithmic scale to make it easier to compare trend lines across countries and show daily deaths and new cases.