As principais actividades na “vida virtual”

Sessões de meditação ao vivo, concertos de música e até visitas ao jardim zoológico estão entre as actividades que decorrem actualmente online, à medida que o Reino Unido se adapta à “vida virtual”.

Um estudo com 2.000 adultos constatou que muitas pessoas foram além das teleconferências, mantiveram as sessões de ginástica e as conversas em bares (“pubs”) online.

O confinamento forçou o país a encontrar maneiras criativas de se ligar online, como sessões de culinária em grupo, aulas de arte, degustação de vinhos e até mesmo “rastreamentos” de pubs virtuais.

Apesar de se estar preso em casa, mais de um quinto está a exercitar-se mais do que nunca, com um em cada 10 a participarem em aulas ao vivo online.

Outras actividades populares realizadas virtualmente incluem assistir a “concertos” no Instagram, ter aulas de música e até beber um chá ou café com um amigo.

Charles Davies, da Hyperoptic (um fornecedor de fibra Gigabit que encomendou o estudo) considera que “viver virtualmente é uma grande mudança para todos de todas as idades, mas é óptimo ver que os britânicos mantêm um equilíbrio entre vida profissional e trabalho, continuando a ter hobbies, a experimentar coisas novas e a desfrutar das suas vidas sociais.

“Todos os aspectos da escola ao trabalho, do namoro ao exercício físico foram afectados, mas a conectividade fiável permite que as pessoas ainda vivam as suas vidas – apenas de uma maneira um pouco diferente”, diz.

O estudo também constatou que mais da metade dos entrevistados sente que se adaptou muito bem à vida virtual e 44% usam a Internet para partilhar experiências desde o início da crise do Covid-19.

Dos pais entrevistados, mais de dois terços tentaram manter uma rotina escolar normal para os filhos, com muitos a recorrerem à Internet para ajuda quando se tornam “professores”.

Um terço usou aulas de educação física online para ajudar a educar os seus filhos, enquanto quatro em cada dez se voltaram para o YouTube para obter conteúdo educativo.

Um quinto chegou mesmo a fazer “passeios” virtuais usando imagens em tempo real de lugares como aquários. E quatro em cada cinco admitiram estar contentes por haver muitos recursos online para crianças em idade escolar.

Da mesma forma, 57% dos britânicos não imagina não ter Internet durante este período e mais da metade ficaria entediado sem ligações.

Outros 59% acham que é “essencial” ter uma boa ligação de banda larga actualmente e dois em cada cinco iriam sentir-se sozinhos sem ela.

Mais comunicação, menos regras

O estudo também descobriu que, em resultado do confinamento, mais de um terço acha que estão a comunicar mais com os outros do que antes, com três em cada 10 mais incentivados a falar.

Um em cada oito liga normalmente a amigos e familiares todos os dias, com um quinto a usar o Facetime. E quase quatro em cada 10 enviam mensagens de media social, enquanto quase um quarto opta pelo vídeo do Whatsapp.

Os tópicos populares discutidos quando estão ligados incluem as notícias (47%), a sua disposição (30%) e exercícios (12%). Mas não foi apenas a comunicação com amigos e familiares que mudou, quando um quarto adaptou a maneira como conversa com colegas enquanto trabalham em casa.

Mais de metade diz enviar mais emails, enquanto quatro em cada 10 teve um aumento nas videoconferências e 37% mais ligações em grupo.

Dois quintos dos entrevistados do estudo, realizado pela OnePoll, referem ser importante comunicarem regularmente com outras pessoas enquanto vivem virtualmente.

As principais “regras” de etiqueta para videoconferência foram consideradas limitadoras dos ruídos de fundo, falar claramente e cumprir horários.

Da mesma forma, mais de metade acredita ser educado prestar atenção às pessoas diante das câmaras, 47% dizem que todos devem aparecer apresentáveis ​​e três em cada 10 acham que animais de estimação e crianças devem estar fora da transmissão.

As 20 principais actividades que os britânicos fazem online enquanto vivem em confinamento:
1. Assistir a uma nova série de TV online
2. Encomendar por uma loja online
3. Ter uma ligação em grupo com parentes
4. Realizar uma videochamada em grupo com amigos
5. Jogar online, por exemplo Scrabble
6. Ter uma aula de ginástica ao vivo
7. Ler uma revista online
8. Beber um chá ou café com um amigo durante uma videochamada
9. Acompanhar um tutorial “do it yourself”
10. Criar uma lista de reprodução
11. Cantar os parabéns a alguém numa videochamada
12. Fazer um “teste de pub” ao vivo pela Internet
13. Jogar em grupo
14. Assistir a um programa de TV com outras pessoas pela Internet
15. Aplicar truques nas arrumações
16. Assistir a um tutorial de culinária ao vivo
17. Jogar por videochamada com outras pessoas, por exemplo Scrabble
18. Ter uma sessão de meditação
19. Assistir a uma palestra do TED
20. Ter um tutorial de cozinha

* Texto original da Digital Hub.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.