As “soluções tecnológicas apropriadas e efectivas definem a produtividade de uma empresa, suportando formas modernas mais efectivas de trabalho, incluindo o trabalho remoto através, por exemplo, “de grupos virtuais”, refere o relatório “Productivity, technology & working anywhere“, da The Work Foundation.

A “complexa” teia entre pessoas, processos e tecnologia no local de trabalho consegue ser gerida correctamente, mas essa responsabilidade cabe às organizações.

As “estratégias positivas” têm de dar espaço e tempo aos funcionários para testarem novos modeos de realizar tarefas e aprenderem com os erros. Não se trata apenas de “remover empregos de baixo valor mas tarefas de baixo valor, para criar mais empregos melhores”.