Pela primeira vez numa década, as tecnologias digitais lideraram os pedidos de patentes, revelou o European Patent Office (EPO).

Segundo o Patent Index 2019 compilado pela organização, o sector das comunicações digitais (+19.6%) e da tecnologia informática (+10.2%) sustentaram o crescimento do total de mais de 181 mil pedidos, 4% mais do que em 2018.

O crescimento das aplicações de patentes nas comunicações digitais ultrapassou o da tecnologia médica (+0.9%), que desde 2006 liderava o número anual de pedidos de patentes.

Portugal (+23.1%) registou o terceiro ano de consecutivo crescimento.