A postura visual do criador do Facebook tem sido um tema de discussão, nomeadamente pelo uso do seu cabelo curto.

O corte de cabelo de Mark Zuckerberg foi associado à sua admiração por César Augusto César e até gerou uma teoria unificada do corte de cabelo.

Agora, o artista Sam Lavigne descobriu um programa “detector de cabelo” e usando fotografias de Zuckerberg, extraiu 387 imagens geradas, permitindo-se questionar porque um dos homens mais ricos do mundo escolhe este tipo de corte de cabelo.

A resposta não é fácil mas nos comentários ao anúncio dos resultados feito por Lavigne no Twitter, há desde os que pedem para ele fazer o mesmo a outras pessoas aos que consideram um desperdício de tempo este tipo de concretização técnica.