Em 2020, as vendas mundiais de smartphones devem crescer apenas 3%, para as 1.571 milhões de unidades, segundo a Gartner.

No ano passado, esse número de vendas atingiu as 1.524 milhões de unidades. Tratou-se de uma quebra de 2% e a primeira registada desde 2008. Para o próximo ano, a analista espera um pequeno aumento nas vendas para os 1.589 milhões de smartphones.

O crescimento este ano deve-se à introdução das redes 5G, podendo esta decisão ser motivo de aquisição de 221 milhões de unidades. Até final do ano, elas podem ultrapassar as dos equipamentos 4G, antecipa a Gartner.

Sinal dessa atenção ao 5G estará no evento Mobile World Congress (24 a 27 de Fevereiro, em Barcelona), nota ainda a analista.

Actualização a 18 de Fevereiro: após o MWC ter sido cancelado e a Apple anunciar uma revisão em baixa nas receitas, a TrendForce revelou que o coronavírus terá impacto na produção de smartphones, devendo decrescer 12% relativamente ao mesmo trimestre do ano passado.