Vidas mais saudáveis requerem mais investimento em inovação e difusão dos seus benefícios, segundo o Global Innovation Index (GII) 2019 dedicado a “Creating Healthy Lives – The Future of Medical Innovation” da World Intellectual Property Organization (WIPO).

Inovações médicas como a inteligência artificial, genómica ou aplicações móveis para a saúde vão transformar os cuidados de saúde na próxima década.

A partir da análise a 129 países, a WIPO alerta para a necessidade destes cuidados generalizados serem de elevada qualidade e acessíveis, para o declínio na produtividade em investigação e desenvolvimento, para a convergência disruptiva entre tecnologias digital e biológica, para o investimento em inovação e modelos de entrega de cuidados de saúde entre nações mais e menos ricas, e finalmente a necessidade de maximizar o potencial colaborativo para a futura inovação em saúde.