Se comprar online, use o computador

Não use o smartphone para comprar online e, em alternativa, opte pelo computador. A razão parece simples: a diferença de tamanho dos ecrãs nos dois dispositivos é o suficiente para obter mais informação (e consequente tomada de decisão mais informada) no computador do que no dispositivo móvel.

Segundo investigadores da Ben-Gurion University of the Negev (BGU), o problema não está exclusivamente relacionado com os ecrãs mas “ao facto de que os sites ajustados para uma visualização móvel reduzem a informação oferecida nas páginas de resultados e requerem uma maior navegação pelo site para obter informação”, enquanto os formatados para computador mostram essa informação mais facilmente, nota Lior Fink, responsável do Mobile Behavior Lab da BGU.

Fink chegou a esta conclusão após efectuar estudos para uma escolha fictícia de quartos de hotel, em que os participantes realizavam a sua escolha por um dos dois referidos equipamentos. No caso do dispositivo móvel, as escolhas foram “menos fiáveis e menos alinhadas com as suas preferências”.

Escravos mas só das compras…
No ano passado, 36% das vendas online foram concretizadas em smartphones, segundo dados da Adobe Analytics, e a Black Friday – que este ano se realiza na próxima sexta-feira – foi a primeira em que se ultrapassou os dois mil milhões de dólares em compras por smartphone.

O fim de semana em que mais se compra inicia-se na quinta-feira, com o Thanksgiving, e prossegue até à segunda-feira seguinte, conhecida por Cyber Monday.

A denominação desta sexta-feira – que não está relacionada com qualquer venda de escravos após o Thanksgiving Day… – deve-se a uma crise financeira ocorrida em 1869, ocorrendo a sua dinamização mais recente a partir de 1966.

O Cyber Monday iniciou-se apenas em 2005, numa estratégia para “comprar mais e pensar menos” nas aquisições online, passando ao lado de um “apocalipse do retalho” físico. Entre outras marcas, a Amazon tornou-se um dos maiores retalhistas nesse domínio mas está sujeita a muitas críticas pelo seu modelo de “reviews” de produtos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.