A Google anunciou este ano o GPT-2 cujo objectivo parece simples: “prever a próxima palavra, dadas as palavras prévias num dado texto”.

Os responsáveis pelo desenvolvimento do programa de inteligência artificial anteciparam os problemas e as “aplicações maliciosas” que esta tecnologia permite.

Agora, o Bulletin of the Atomic Scientists explicou algumas dessas aplicações em vídeo. A ver.