Empregos serão mais emotivos e menos temporários

Como vai ser o trabalho nos tempos mais próximos? De empregos temporários e sob locação a grandes multinacionais (como a Uber ou oa Airbnb), caminha-se para uma “economia da paixão, como descreve a consultora Andreessen Horowitz em “The Passion Economy and the Future of Work“.

O modelo sustenta-se nas plataformas digitais, que partilham algumas características como serem acessíveis a todos (e não apenas para empresas e profissionais), entendem a “individualidade como uma funcionalidade, não como um problema”, focam-se em produtos digitais e serviços virtuais, fornecem ferramentas holísticas para crescer e operar um negócio” e “abrem portas a novas formas de trabalho”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.